A Responsabilidade Social dos Programas de Aprendizagem

Os programas de aprendizagem devem ser vistos pelas empresas não como uma obrigação legal, mas como um programa de responsabilidade social, uma vez que estão investindo no desenvolvimento social, cultural, no exercício da cidadania e na qualificação profissional, além de preparar os jovens para atuarem no mercado de trabalho.

 

A maioria dos projetos de responsabilidade social possui caráter assistencialista e causa dependência por parte dos beneficiados, já o programa de aprendizagem, dado pela Lei 10.097/2000, leva em consideração a autonomia, a auto-estima e o desenvolvimento efetivo do jovem aprendiz. Isso porque ele não recebe uma bolsa gratuitamente, como se fosse uma caridade, como é feito em diversos projetos de responsabilidade social. Nos programas de aprendizagem, o aprendiz se sente protagonista da ação na qual está envolvido. A geração de renda, nesse caso, é vista como resposta de um compromisso e responsabilidade, uma vez que ele tem tarefas, horários e responsabilidades a serem cumpridas.

 

Portanto, o programa de aprendizagem vai além dos tradicionais programas de responsabilidade social, que ao invés de apenas conceder um benefício, gera responsabilidade, desperta a automonia e gera renda aos participantes.

JUCIP - Matriz

Fone:

(11) 4636-8165

Email:

Endereço:

Rua Poanópolis, 369
Poa - SP

JUCIP - Unidade Jundiaí

Fone:

(11) 4521-4900

Email:

Endereço:

Rua 23 de Maio, 750
Jundiaí - SP

Logo 4link

2016 ® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - jucip.org.br